13.5 C
Brasília
Sunday, July 21, 2024

Uma oração para amar bem os outros – Sua oração diária – 29 de janeiro


sua arte devocional de oração diária

botão de podcast da maçã botão de podcast do spotify botão do youtube

Uma oração para amar bem os outros
Por Ashley Moore

“Queridos amigos, continuemos a amar uns aos outros, pois o amor vem de Deus. Quem ama é filho de Deus e conhece a Deus”. – 1 João 4:7NLT

Rosnei baixinho com sua resposta curta ao meu e-mail. Esta não foi nossa primeira interação nada agradável; muitas vezes lutávamos para estar na mesma página quando trabalhávamos juntos.

Você já se viu em desacordo com alguém? Talvez você reclame com seu cônjuge ou amigo sobre como essa pessoa o irrita. Ou talvez você tenha se descoberto incapaz de ver o que há de bom nessa pessoa, criticando abertamente cada palavra e ação dela em sua mente.

Alguém mais reage exageradamente como eu, chegando ao ponto de considerar maneiras de evitar interagir com essa pessoa? A verdade é que quanto mais nos envolvemos com os outros, mais inevitável se torna o conflito. Mas temos duas opções ao abordar interações difíceis: podemos abrigar amargura ou mostrar o amor de Deus.

Quando João escreveu sua carta à igreja, havia pessoas que afirmavam ser profetas e compartilhavam mensagens falsas na tentativa de virar as pessoas contra aqueles que pregavam as boas novas de Jesus Cristo. Essas pessoas não eram apenas ofensivas e perturbadoras, mas também ensinavam as Escrituras de maneira errada. Mas João não disse à igreja para caluniar essas pessoas, criticá-las ou evitá-las. Ele simplesmente lembrou à igreja que eles já tinham vitória sobre aquelas pessoas. E ele os lembrou que a evidência de que a igreja pertencia a Deus viria de como eles amavam uns aos outros (1 João 4:7).

Ufa. Os dedos dos pés de mais alguém estão doendo? Embora nossas disputas com outros possam não ser tão sérias quanto as que esta igreja estava enfrentando, a acusação de João ainda se aplica a nós. Nossos aborrecimentos com as pessoas podem não ser porque elas fizeram algo tão ofensivo como profetizar falsamente, mas se a instrução de João à igreja por essa infração fosse amar os outros, então imagino que sua exortação para nós seria semelhante. Cada vez que trabalhamos em estreita colaboração com alguém, enviamos correspondência por e-mail ou comentamos nas redes sociais é uma oportunidade de provar que pertencemos a Deus, porque são oportunidades para amar os outros com o mesmo amor que Deus nos mostrou.

Então, quando nos encontramos lutando para nos relacionar com alguém, bufando de aborrecimento com outra pessoa ou evitando completamente aquele indivíduo que nos irrita, talvez possamos fazer uma pausa para considerar duas coisas: de quem somos e quem somos. Somos filhos de Deus. Um Deus que não mediu esforços para nos amar, mesmo que não fôssemos dignos de amor. Então, como um filho de Deus responderia vitoriosamente? Demonstramos amor!

Vamos rezar:

Senhor,
Obrigado por nos amar quando éramos pouco amáveis! Enquanto éramos pecadores você morreu por nós (Romanos 5:8). Nós o ofendemos profundamente, mas você ainda nos amou. Tanto que você deu sua vida em nosso lugar e derrotou a morte para que pudéssemos viver com você para sempre na eternidade.

Senhor, admito que esse tipo de amor não é pure para mim. A última coisa que quero fazer quando alguém me ofende ou me chateia é amá-lo, muito menos convidá-lo para se juntar à minha família para sempre. Mas foi exatamente isso que você fez. Senhor, perdoe-me por não amar os outros da maneira que você nos mostrou amar. Deus, você nos ajudaria a amá-lo e crescer no conhecimento de você e de sua Palavra? Você nos ajudaria a nos relacionarmos com os outros de uma forma que mostrasse que pertencemos a você? Senhor, você faria seu povo crescer no amor por você e pelos outros, para que os espectadores soubessem que você existe e que você os ama também?

Deus, você nos perdoaria quando permitimos que pequenos aborrecimentos nos distraíssem e nos fizessem esquecer as boas novas do evangelho e nosso papel como seus embaixadores? Espírito Santo, você nos convenceria quando reagimos exageradamente às deficiências dos outros? Você poderia nos fortalecer e nos equipar para amar bem os outros? Obrigado porque isso é possível porque você nos amou e o amor vem de você.
Em nome de Jesus, amém.

Crédito da foto: Emmanuel Phaeton / Unsplash.com

Ashley MooreAshley Moore é escritor e apresentador de seja o dois™podcast. Ela é conhecida por sua capacidade de identificação e por escrever e falar apaixonadamente sobre saúde psychological, emocional e relacional a partir de uma cosmovisão bíblica. Ela escreveu para Revista Kingdom Edge, Guias, Faixa de pedestre, O lugar secreto, animar, O riacho borbulhante e mais. Se Ashley não estiver escrevendo, você poderá encontrá-la com o marido, três filhos e dois Goldens de orelhas caídas em suas terras agrícolas no sul da Geórgia. A melhor maneira de se conectar com Ashley é fazer um devocional gratuito ou um estudo bíblico e inscrever-se em seu boletim informativo em free.ashleynicolemoore.com.

Ensine-nos a orar é um podcast de oração GRATUITO apresentado pela escritora do iBelieve, Christina Patterson. Toda semana ela lhe dá dicas práticas e reais sobre como aumentar sua fé e seu relacionamento com Deus por meio do poder da oração. Para ouvir o episódio dela sobre O que orar pela manhã para um dia sem preocupações, clique abaixo!

Anúncio de banner do podcast Ensine-nos a Orar

Agora que você orou, você precisa de alguém que ore por VOCÊ? Clique no botão abaixo!

Visita iBelieve. com para conteúdo de oração mais inspirador.



Related Articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest Articles