10.5 C
Brasília
Tuesday, July 16, 2024

7 sinais de que você tem um estilo de apego evitativo


Notas do Podcast:

Você já se viu perpetuamente em relacionamentos que pareciam “próximos, mas não exatamente”? Você anseia por uma conexão significativa, mas luta para superar os estágios iniciais de aproximação com alguém? Talvez você já tenha se machucado antes e agora os muros que você construiu para se proteger pareçam intransponíveis.

Se esses cenários ressoam em você, você pode estar experimentando um apego evitativo, uma força sutil, porém poderosa, que molda a forma como interagimos em nossas vidas românticas.

A importância de compreender o apego

A teoria do apego ilumina o profundo impacto dos nossos primeiros relacionamentos nas nossas conexões românticas adultas. Reconhecer os sinais de apego evitativo em nós mesmos e nos outros pode iluminar a dinâmica subjacente que sabota a nossa vida amorosa.

#1. Sendo muito exigente
A armadilha de esperar perfeição e criar padrões impossíveis é uma marca registrada do apego evitativo. Este “Mito da Maximização” convence você de que você merece apenas o melhor, levando à insatisfação perpétua com potenciais parceiros. O conselho aqui é desafiar-se a ter a mente mais aberta e disposto a explorar fora da sua zona de conforto.

#2. Ser facilmente ofendido
A tendência de se ofender facilmente pode ser um mecanismo de defesa para manter os outros afastados. Lembre-se de que nem todo comportamento irritante justifica aborrecimento. Dar às pessoas o benefício da dúvida e não tirar conclusões precipitadas pode abrir a porta para conexões mais profundas.

#3. Muitas “regras”
Regras rígidas sobre namoro e relacionamentos muitas vezes servem como barreiras à intimidade. Reconhecer essas restrições autoimpostas como desculpas e não como verdades pode ajudar a correr mais riscos no amor.

#4. Política de “Um Golpe”
A tendência para desqualificar potenciais parceiros ao primeiro sinal de imperfeição impede o desenvolvimento de ligações mais profundas. Aprender a diferenciar entre problemas e pequenos aborrecimentos é essential.

#5. Excessivamente cauteloso
Embora a cautela no amor seja sábia, o foco excessivo em evitar mágoas também pode impedir a alegria da conexão genuína. Abraçar um certo grau de vulnerabilidade pode levar a relacionamentos mais genuínos.

#6. Esperando para estar “pronto”
A crença de que é preciso estar totalmente preparado antes de entrar no cenário do namoro pode levar à procrastinação perpétua. O segredo é começar de onde você está, aceitando que a perfeição é uma ilusão.

#7. Sem tempo / Estando muito ocupado
O comprometimento excessivo com o trabalho ou outras atividades pode ser uma forma de evasão, priorizando aspectos seguros e controláveis ​​da vida em detrimento da natureza imprevisível do amor. Reavaliar as prioridades para abrir espaço para relacionamentos é very important.

Por que fazemos isto a nós mesmos?

Nota do editor: Pronto para atrair o amor com uma estratégia comprovada? Assista a este vídeo gratuito para aprender os 7 passos poderosos

Os comportamentos associados ao apego evitativo, embora aparentemente protetores, muitas vezes levam a um ciclo de solidão e insatisfação. A pesquisa sugere que esse padrão pode resultar de um medo profundo de perder o senso de identidade em um relacionamento. Reconhecer e confrontar esses padrões é a chave para nos libertarmos e avançarmos em direção aos relacionamentos gratificantes que todos merecemos.

Related Articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest Articles